INDONÉSIA EXECUTA 8 CONDENADOS, INCLUINDO BRASILEIRO RODRIGO GULARTE.


A Indonésia executou nesta quarta-feira oito condenados à morte, com exceção de um filipina poupada na última hora, indicou a imprensa local.

Os condenados, incluindo o brasileiro Rodrigo Gularte, dois australianos, quatro africanos e um indonésio, foram fuzilados por um pelotão na ilha prisão de Nusakambangan, informaram a MetroTV e o jornal Jakarta Post.

Entenda o caso

O brasileiro Rodrigo Gularte, 42 anos, foi detido em 2004 depois de tentar entrar no aeroporto de Jacarta com seis quilos de cocaína escondidos em pranchas de surfe. A família apresentou vários relatórios médicos para demonstrar que ele sofre de esquizofrenia e que, portanto, não deveria ser executado. 

Outro brasileiro, Marco Archer, foi executado em janeiro por narcotráfico, o que provocou uma crise diplomática entre Brasil e Indonésia.

Apesar de a hora da execução de Gularte não ter sido anunciada com exatidão previamente, sabia-se que o momento estava próximo, pois foram vistas ambulâncias levando caixões até a penitenciária e as famílias foram autorizadas a se despedir de seus entes.

Cilacap, Indonésia

FONTE: AFP
IMAGEM: Reprodução/BBC


PUBLICIDADE




//

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
ESTAMPARIA 2F ARTIGOS PERSONALIZADOS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE