BLOG GALINHOS ONLINE - E-mail: galinhosonline@gmail.com

PUBLICIDADE:

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

AMEAÇAS FEITAS POR JOVENS CIRCULAM NAS REDES SOCIAIS.

Jovens gravam vídeos com ameaças de morte no RN, PM identifica autores.
Vídeos estão circulando em redes sociais, como Facebook e WhatsApp.
Segundo coronel, jovens que aparecem armados moram em Mossoró.

Polícia Militar diz já ter identificado suspeitos que aparecem nos vídeos ampunhado armas. (Foto: Divulgação/Polícia Militar do RN)
A Polícia Militar do Rio Grande do Norte afirma já ter identificado as pessoas que aparecem em três vídeos – armados com revólveres e pistolas – nos quais elas trocam ameaças, xingamentos e juras de morte. As imagens estão circulando em grupos de redes sociais e chegaram ao conhecimento da polícia na semana passada. Segundo o coronel Alvibá Gomes, comandante do 2º Batalhão da PM, os suspeitos residem em Mossoró, cidade da região Oeste potiguar. "As informações serão repassadas à Polícia Civil para que a investigação seja instaurada", afirmou.


Em um dos vídeos é possível ver três homens, aparentemente jovens, com os rostos cobertos. Eles empunham e engatilham revólveres, simulando estarem disparando as armas contra um rival que a todo o momento é xingado e ameaçado de morte. As imagens também mostram munições. Nos outros dois vídeos, suspeitos aparecem com pistolas, um facão e uma pá. Também há xingamentos e ameças explícitas de eliminação.

"Existem facções rivais aqui na cidade que são responsáveis por vários crimes, principalmente assaltos e homicídios. Agora, estamos trabalhando para encontrar estes indivíduos para também localizarmos as armas. Eles podem ser presos e indiciados por apologia ao crime e posse ilegal de arma arma de fogo", ressalta o coronel. Ainda segundo o comandante, mais de 140 armas já foram apreendidas em Mossoró nos primeiros semestre deste ano. "Ano passado foram 164", acrescentou.

Apologia ao crime

De acordo com a legislação brasileira, portar arma de fogo é crime inafiançável para calibres não permitidos. A pena é de 2 a 4 anos e multa. O mesmo vale para quem, sem autorização legal, portar, deter, adquirir, fornecer, ter em depósito, transportar, ceder, emprestar, remeter, ocultar, manter arma de fogo, acessório ou munição. No país, também são expressamente proibidas a fabricação, venda, comercialização e a importação de brinquedos, réplicas ou simulacros de armas de fogo que com essas possam ser confundidas.

Arma de fogo

Ainda segundo o Código Penal Brasileiro, consta no artigo 287 da Lei 2.848 que é crime “fazer, publicamente, apologia de fato criminoso ou de autor de crime. A pena prevista é de 3 meses a 6 meses de detenção ou multa. A mesma pena está prevista no artigo 286, que diz: “Incitar, publicamente, a prática de crime”.

Fonte: Portal G1 RN.


Um comentário:

  1. As imagens estão circulando em grupos de redes sociais e chegaram ao conhecimento da polícia na semana passada.

    ResponderExcluir