NÚMERO DE HOMICÍDIOS NO RN CRESCE 272,4% ENTRE 2002 E 2012.


No mesmo período, o mapa aponta ainda que a variação da taxa de assassinatos por grupo de cada 100 mil habitantes foi a maior do país, 229,1%.

No mesmo período, o mapa aponta ainda que a variação da taxa de assassinatos por grupo de cada 100 mil habitantes foi a maior do país, 229,1%
O Mapa da Violência, divulgado ontem (27) pela Faculdade Latino Americana de Ciências Sociais (FACSO) aponta que o Rio Grande do Norte teve um crescimento significativo no número de homicídios entre os anos de 2002 a 2012. Crescimento é de 272,4%. No mesmo período, o mapa aponta ainda que a variação da taxa de assassinatos por grupo de cada 100 mil habitantes foi a maior do país, 229,1%.

Os dados do mapa apontam como os homicídios aconteceram em um intervalo de uma década. E, o RN deu um salto de dez posições no ranking comparado com o quantitativo populacional do estado.

Os números mostram que em 2002, o estado registrou 10,6% de homicídios para um grupo de 100 mil habitantes. Na época, a taxa era considerada a terceira menor do pais, ficando abaixo de Santa Catarina (10,3%) e Maranhão (9,9%). Após uma década, os números subiram significativamente para 32,6% nos colocando na 13ª posição do ranking, ficando na frente de São Paulo (13,5%) a maior cidade do país. A nível nacional, o território potiguar, apontou um percentual de 229,1% de crescimento, maior do que a média nacional (2,1) e a média da região Nordeste (73,5).

Os dados do mapa da violência foram obtidos através de pesquisas realizadas no Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde. Os dados de população utilizados para o cálculo das taxas foram obtidos das estimativas do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (Datasus).

Os números apontam que a nível nacional, o estado de Alagoas obteve o maior índice proporcional de 64,6% por cada 100 mil habitantes. Em contrapartida em Santa Catarina, região sul do país, apontam 12,6% pelo mesmo proporcional de habitantes. Junto a isso, o estado de São Paulo, conseguiu registrar uma diminuição de 56,4% no número de mortes. Há dez anos esse número era bem maior, considerando 14.494 homicídios no total. Hoje, a diferença, em números, mostra que a maior cidade do país reduziu para 3.313 os casos de assassinatos.

Fonte: Portal No Minuto.

Comentários

  1. BlogGalinhosOnline28 de maio de 2014 17:59

    No mesmo período, o mapa aponta ainda que a variação da taxa de assassinatos por grupo de cada 100 mil habitantes foi a maior do país, 229,1%.

    ResponderExcluir
  2. No mesmo período, o mapa aponta ainda que a variação da taxa de assassinatos por grupo de cada 100 mil habitantes foi a maior do país, 229,1%.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
ESTAMPARIA 2F ARTIGOS PERSONALIZADOS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE